Terça-feira, 23 de Novembro de 2004

A Dualidade do Insuprível

Eureka!!! Descobriram, finalmente, que o tabaco tem substâncias cancerígenas!!!


Há coisa de uns três anos, um colega de curso, num ambiente de qualquer ritual académico e, presumo, de ínfima sobriedade, deixou escapulir um daqueles comentários que provocam a gargalhada geral: «Não fumem, porque fumar é um auto-suicídio!». No mínimo, hilariante.
De facto: se “auto” é o prefixo que reflecte a intervenção do próprio indivíduo no processo e se “suicídio” é uma palavra cujo, também, prefixo “sui”, que provém do latim, indica “de si mesmo”, não estaríamos sobre o relato de uma redundante conclusão? Creio que sim. Todavia, quando a acção em apreço preconiza um facto consumado, irreversível e irreparável, a afirmação não deixa de ser insólita e, por isso, provoque o inevitável riso. No caso em concreto estaríamos perante uma imortal faculdade de conseguir matar-se duas vezes.


As manchetes que encheram os jornais dos últimos dias e que aludiam à presença de substâncias cancerígenas no tabaco, provenientes de um qualquer pesticida, não podem deixar de merecer a mesma interpretação. No mínimo hilariantes.
Ora, então o tabaco não é só por si um elemento recheado de substâncias cancerígenas, mesmo sem ter sido objecto da referida rega pesticida?
Claro que é. O tabaco é constituído por organoclorados – compostos orgânicos que combinam cloro e carbono – assumindo-se dessa combinação uma efectiva natureza cancerígena.
Ou seja: O mesmo seria dizer que se descobriu que um dos “tartarugas ninja” é verde.
Se abstraídos da 'questão tabaqueira' e analisarmos de forma mais lata a questão, podemos então perceber que não se trata de uma preocupação preventiva de saúde mas sim de uma prevenção da imagem do Governo da República.


Vejamos: os tais cigarros regados pelo pesticida são, sem mais nem menos, os que têm maior venda em Portugal; as manchetes surgem no rescaldo do anúncio da preparação e aprovação de nova regulamentação e legislação que incidirá sobre os fumadores e sobre o tabaco; entretanto, no Parlamento discutia-se o Orçamento de Estado para 2005, facto que foi pouco noticiado; o director de informação da RTP demitia-se; a coligação governamental vivia um período de conflito conjugal.
Poderemos dissociar estas questões? Será que não há uma qualquer inter-relação? Será que as manchetes não serviram meramente para desviar atenções? Será mesmo necessário criar uma Central de Notícias para controlar o fabrico do produto ‘noticiário’ ou isso seria apenas a forma de legalizar a prática já existente?


Entretanto, vão-se queimando…uns cigarinhos. E o fumo vai-se instalando. Eis o quarto "F" que Salazar não se lembrou.


É o Estado de um tempo Novo.


Victor Santos
vics@sapo.pt


P.S.: Ah! Já agora, se o intuito é mesmo alertar para o problema dos malefícios do tabagismo, PROÍBAM A VENDA DO TABACO!!!

cogitado por vics às 08:30
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.cogitos recentes

. O tal princípio de Peter ...

. Higiene n'os media

. Dia de luto em Portugal

. Arte de bem receber a Mat...

. Vencer barreiras

. UNIÃO EUROPEIA, Quo vadis...

. Economia estrangulada

. Relançar o Futuro

. Tobin 40 anos depois

. Piegas Povinho

. Simplesmente... espectacu...

. Uma Alarvidade

. Ver para crer...

. Última hora: Mais um aume...

. Jornada Mundial pelo Trab...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Dezembro 2007

. Abril 2007

. Julho 2006

. Março 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Fevereiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

.tags

. todas as tags

.links

.Cogitantes até agora

Counter
Free Counter

.Cogitando

online
blogs SAPO

.subscrever feeds