Terça-feira, 24 de Abril de 2007

25 de Abril, Sempre

Grândola, Vila Morena (José Afonso)

 

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade
Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade
Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade

cogitado por vics às 14:34
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Abril de 2007

Canta Abril Camarada

Canta camarada canta
canta que ninguém te afronta
que esta minha espada corta
dos copos até à ponta

Eu hei-de morrer de um tiro
Ou duma faca de ponta
Se hei-de morrer amanhã
morra hoje tanto conta
Tenho sina de morrer
na ponta de uma navalha
Toda a vida hei-de dizer
Morra o homem na batalha
Viva a malta e trema a terra
Aqui ninguém arredou
nem há-de tremer na Guerra
Sendo um homem como eu sou.

 

 

CANTA CAMARADA (Popular/José Afonso)

cogitado por vics às 14:33
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Abril de 2007

A voz de Abril

VEJAM BEM (José Afonso)

 

 

Vejam bem
que não há só gaivotas em terra

quando um homem se põe a pensar
quando um homem se põe a pensar
Quem lá vem
dorme à noite ao relento na areia
dorme à noite ao relento no mar
dorme à noite ao relento no mar
E se houver
uma praça de gente madura
e uma estátua
e uma estátua de febre a arder
Anda alguém
pela noite de breu à procura
e não há quem lhe queira valer
e não há quem lhe queira valer

Vejam bem
daquele homem a fraca figura
desbravando os caminhos do pão
desbravando os caminhos do pão

E se houver
uma praça de gente madura
ninguém vem levantá-lo do chão
ninguém vem levantá-lo do chão
Vejam bem
que não há só gaivotas em terra
quando um homem
quando um homem se põe a pensar
Quem lá vem
dorme à noite ao relento na areia
dorme à noite ao relento no mar
dorme à noite ao relento no mar

 

cogitado por vics às 14:32
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 21 de Abril de 2007

Bombista, terrorista ou um simples... artista?

 

sem comentários

 

cogitado por vics às 14:31
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

Toma lá, dá cá

Fará sentido colocar-se em causa o discente quando o que enfoque da dúvida se circunscreve ao exercício da docência? Não será ao docente que se deve questionar que métodos de avaliação utiliza nas disciplinas que lecciona?
Face a um aluno que, aquando da matrícula num curso, requereu equivalências para disciplinas já efectuadas noutro curso e noutro estabelecimento de ensino, se houver dúvida sobre a decisão que sobre tal requerimento recair, a questão que se imporá será única e inevitavelmente ao docente.
Neste caso, e sobre as dúvidas que o senhor Dr. Luís Marques Mendes colocou sobre as equivalências atribuídas ao aluno José Sócrates na Universidade Independente, creio que se deve devolver a questão.
Com efeito se Marques Mendes foi docente (1) naquela instituição, ele que nos diga quais os métodos de validação e comparação de conteúdos programáticos são adoptados pelo corpo docente.

A verdadeira questão que daqui resulta não tem que ver nem com a UnI, nem com as equivalências, nem com a formação académica de José Sócrates, mas sim e só com a Imagem do Primeiro Ministro. Queira Deus 'o tiro não lhe saia pela culatra'.

Há quem não olhe a meios para atingir fins.

 

Nota (1): http://dn.sapo.pt/2007/04/10/tema/mendes_aulas_a_epoca_socrates.html

cogitado por vics às 14:30
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

Diz que é uma espécie de ... Prólogo

Portugueses que somos, movidos pela força e 'jeito' do 'nacional-desenrrascanço' e pelo saber próprio do 'chique-espertismo', sentimo-nos como os mais valentes e mais sábios treinadores de bancada e anciãos conselheiros – autênticos e genuínos narradores revestidos da total omnipresença e da absoluta ubiquidade.

cogitado por vics às 14:29
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 17 de Abril de 2007

Toma lá, dá cá.

Fará sentido colocar-se em causa o discente quando o que enfoque da dúvida se circunscreve ao exercício da docência? Não será ao docente que se deve questionar que métodos de avaliação utiliza nas disciplinas que lecciona?
Face a um aluno que, aquando da matrícula num curso, requereu equivalências para disciplinas já efectuadas noutro curso e noutro estabelecimento de ensino, se houver dúvida sobre a decisão que sobre tal requerimento recair, a questão que se imporá será única e inevitavelmente ao docente.
Neste caso, e sobre as dúvidas que o senhor Dr. Luís Marques Mendes colocou sobre as equivalências atribuídas ao aluno José Sócrates na Universidade Independente, creio que se deve devolver a questão.
Com efeito se Marques Mendes foi docente (1) naquela instituição, ele que nos diga quais os métodos de validação e comparação de conteúdos programáticos são adoptados pelo corpo docente.

A verdadeira questão que daqui resulta não tem que ver nem com a UnI, nem com as equivalências, nem com a formação académica de José Sócrates, mas sim e só com a Imagem do Primeiro Ministro. Queira Deus 'o tiro não lhe saia pela culatra'.

Há quem não olhe a meios para atingir fins.

 

Nota (1): http://dn.sapo.pt/2007/04/10/tema/mendes_aulas_a_epoca_socrates.html

cogitado por vics às 11:40
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.cogitos recentes

. O tal princípio de Peter ...

. Higiene n'os media

. Dia de luto em Portugal

. Arte de bem receber a Mat...

. Vencer barreiras

. UNIÃO EUROPEIA, Quo vadis...

. Economia estrangulada

. Relançar o Futuro

. Tobin 40 anos depois

. Piegas Povinho

. Simplesmente... espectacu...

. Uma Alarvidade

. Ver para crer...

. Última hora: Mais um aume...

. Jornada Mundial pelo Trab...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Dezembro 2007

. Abril 2007

. Julho 2006

. Março 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Fevereiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

.tags

. todas as tags

.links

.Cogitantes até agora

Counter
Free Counter

.Cogitando

online
blogs SAPO

.subscrever feeds