Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

É preciso reinventar a Escola

Na passada sexta-feira, depois de um dia com uma agenda complicada e vindo de mais uma directa, participei numa conferência promovida pela associação de pais e encarregados de educação subordinada à problemática do insucesso escolar.

Acabei por fazer parte da mesa, a convite da organização, uma vez que estava em representação de duas entidades convidadas para o efeito - a primeira que delegou em mim a participação e a segunda por seu o seu efectivo representante. è um pouco desconfortável a posição pois é dupla a responsabilidade e, apesar de sabermos separ o trigo do joio, às vezes quem nos vê e escuta pode não conseguir fazer aquela separação.

A conferência mostrou-se de facto interessante e dela confirmei três ideias-chave que há algum tempo penso nelas e as admito como indiscutíveis: 1.ª, o movimento associativo que trabalha com as populações jovens e estudantis dão um relevante contributo para a sua formação sóciocultural e desenvolvimento pessoal; 2.ª, ainda há pais e encarregados de educação preocupados com a formação dos seus filhos e disponíveis para colaborar com a Escola para a melhorar; 3.ª, o território e o contexto Escola tende a ser um espaço desagradável para os jovens, talvez porque não fala a sua linguagem.

Por isso acho que é preciso reinventar a Escola, torná-la um lugar aprazível e que conquiste a atenção e a estima dos jovens - os homens e as mulheres de amanhã.

É imprescindível reinventar a escola, as aulas, os programas, os conteúdos, os meios, os métodos. Pode até manter-se a mesma letra, mas é preciso mudar a música.

É também preciso apoiar a associação de pais a continuar com iniciativas desta natureza e com forte dinâmica e, também e sobretudo, que os professores e os responsáveis também acorram a estas iniciativas. No plenário apenas vi dois docentes - um do 1.º ciclo e outro do 3.º - e se calhar estariam ali simplemente porque são... pais.

sinto-me: apreensivo
tags:
cogitado por vics às 08:31
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De edu a 19 de Maio de 2009 às 13:32
Os professores deviam estar a pensar em mais uma acção de luta para não serem avaliados. Essa ausência que relatas, demonstra bem o egoismo dessa corporação.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.cogitos recentes

. O tal princípio de Peter ...

. Higiene n'os media

. Dia de luto em Portugal

. Arte de bem receber a Mat...

. Vencer barreiras

. UNIÃO EUROPEIA, Quo vadis...

. Economia estrangulada

. Relançar o Futuro

. Tobin 40 anos depois

. Piegas Povinho

. Simplesmente... espectacu...

. Uma Alarvidade

. Ver para crer...

. Última hora: Mais um aume...

. Jornada Mundial pelo Trab...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Dezembro 2007

. Abril 2007

. Julho 2006

. Março 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Fevereiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

.tags

. todas as tags

.links

.Cogitantes até agora

Counter
Free Counter

.Cogitando

online
blogs SAPO

.subscrever feeds